Quase sempre em frente, quase nunca um verso.

QSEFQNUV

“Quase sempre em frente, quase nunca um verso” — Instalação na exposição Your body is my body (colecção de Cartazes de Ernesto de Sousa) no âmbito do programa “Veículo de Intimidade — hoje”, com a curadoria de Luísa Metelo Seixas e Inês Castaño. Museu Colecção Berardo, 19 e 20 de Fevereiro de 2016.

vídeo

Anúncios

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: